Perecível ao tempo

Posts Tagged ‘cidade

Às vezes é preciso interromper a leitura e olhar para fora. Aproveitar a janela do ônibus ou de casa para descobrir a cidade e se apropriar dela… Conhecer a gente que a habita e a faz pulsar. Descobrir formas e cores nas plantas dos jardins alheios. Conhecer mais de arquitetura observando como as pessoas vivem onde vivem. Passear a vista pela rotina de alguém que você nunca mais vai encontrar. Parar em frente a um portão e não se intimidar pelo tamanho, e sim espiar pelas frestas.

Brindar o olhar com a vista da cidade, é o que quero pra hoje.

“Penso que estamos Cegos, Cegos que vêem, Cegos que, vendo, não vêem.”

José Saramago

Anúncios

Nasci em Curitiba. Morei até os dez anos na cidade. Depois de cinco longe de casa, voltei.

Adoro viajar, e quando vou para um lugar novo não descanso enquanto não “bato perna” por boa parte da cidade. Aproveito para ir em museus, teatros, parques, praças, etc. Em pouco tempo, já sinto que conheço o ritmo do lugar. Tento não ser apenas uma turista que visita os “cartões-postais”, mas tento me inserir nos locais que os “nativos” frequentam.

Faço uma imersão na realidade do tal lugar onde estou. Isso faz com que, mesmo voltando sem ter conhecido alguns dos principais pontos turísticos, sinto que vivi a cidade. E não apenas a visitei.

Mas nem sempre é possível fazer essa imersão, e sinto que um dos lugares que menos propicia isso, é o lugar onde a gente mora. Independente do porte, parece que a rotina de todos impossibilita um olhar mais aprofundado sobre a nossa própria cidade.

Sempre deixamos para depois uma exposição interessante, o parque legal, o restaurante gostoso, o famoso ponto turístico… Enfim, sempre deixamos para depois a oportunidade de conhecer melhor o lugar em que vivemos (afinal, nada vai sair do lugar e sempre será possível deixar para amanhã o que você poderia fazer hoje).

Por isso, uma das minhas metas para 2012 é descobrir a cidade em que vivo. Revisitar as atrações, passear pelas tradicionais feirinhas, palmilhar pelos calçadões, espreguiçar-me na grama dos parques….

Em 2012 quero viver mais Curitiba!



Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: