Perecível ao tempo

Quando ele lembrar

Posted on: 13/06/2013

Esperei meses pra que você lembrasse de dar um oi ou desejar bom dia. Isso não aconteceu. Te vi não rua, você não me viu. Não tive respostas para as perguntas que fiz. Mais de seis meses depois você sonha comigo, e o pior, acha que devo saber sobre isso. Não pergunte como estou e nem conte sobre o seu sonho, você me ignorou por tanto tempo, mas ainda sou capaz de querer te responder. E falar que senti saudades.

[Quando chegar a hora de partir, apenas saia andando calmamente e não faça confusão]

Banksy, Guerra e Spray – p 79

 

 

Eita, história que não acaba!

Baila!

Se for só isso

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: