Perecível ao tempo

Olhares presenteados

Posted on: 06/05/2012

Às vezes é preciso interromper a leitura e olhar para fora. Aproveitar a janela do ônibus ou de casa para descobrir a cidade e se apropriar dela… Conhecer a gente que a habita e a faz pulsar. Descobrir formas e cores nas plantas dos jardins alheios. Conhecer mais de arquitetura observando como as pessoas vivem onde vivem. Passear a vista pela rotina de alguém que você nunca mais vai encontrar. Parar em frente a um portão e não se intimidar pelo tamanho, e sim espiar pelas frestas.

Brindar o olhar com a vista da cidade, é o que quero pra hoje.

“Penso que estamos Cegos, Cegos que vêem, Cegos que, vendo, não vêem.”

José Saramago

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: