Perecível ao tempo

A luta que há em mim

Posted on: 14/04/2012

Sou cara-pintada, guerrilheira do Araguaia, feminista, negra, sem-terra.

Sou freiriana, socialista, abolucionista, homossexual.

Não fui  a campo lutar estas lutas, mas elas estão em mim.

Me nutro delas e batalho por mais educação, democracia, justiça, igualdade, direito das mulheres, à terra, à liberdade de expressão.

As minhas lutas dizem quem sou, me forjam, ajudam a construir o meu pensar.

E de todas os direitos, o mais importante é aquele que assegura que posso escolher por qual motivo vou levantar de manhã.

Anúncios

1 Response to "A luta que há em mim"

Pois siga lutando, assim nao só vc se faz mais forte, mas cria fortaleza ao teu redor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: